“Se deixou levar por sua convicção de que os seres humanos não nascem para sempre no dia em que as mães os dão à luz, e sim que a vida os obriga outra vez e muitas vezes a se parirem a si mesmos.” (Gabriel García Márquez, em "O amor nos tempos do cólera")

13/03/2013

Frida Khalo


Pinto a mim mesmo porque sou sozinha e porque sou o assunto que conheço melhor. Não estou doente. Estou partida. Mas me sinto feliz por continuar viva enquanto puder pintar. Frida Khalo http://www.museofridakahlo.org.mx/

Nenhum comentário: