“Se deixou levar por sua convicção de que os seres humanos não nascem para sempre no dia em que as mães os dão à luz, e sim que a vida os obriga outra vez e muitas vezes a se parirem a si mesmos.” (Gabriel García Márquez, em "O amor nos tempos do cólera")

30/07/15

Paulo Leminski: A Lua



A lua ficou tão triste
com aquela história de amor
que até hoje a lua insiste:
- Amanheça, por favor!


(Paulo Leminski)

29/07/15

Mara Senna: Ponta de estrela


Ponta de estrela

Sonhava tão alto
Quem um dia,
A ponta de uma estrela
Atravessou-lhe o peito.
Precisava sonhar desse jeito?


(Mara Senna)

28/07/15

Jose Marti: Cultivo una rosa blanca

Cultivo una rosa blanca,
En julio como en enero,
Para el amigo sincero
Que me da su mano franca.
Y para el cruel que me arranca
El corazon con que vivo,
Cardo, ni ortiga cultivo
Cultivo una rosa blanca.

(José Martí, Versos sencilhos 1891)

27/07/15

Assisti novamente "O caçador de pipas"

O caçador de pipas. Interessante como a cada momento de nossa vida enxergamos os mesmos fatos de formas diferentes. Li o livro em 2003, quando publicado, e assisti ao filme em 2007 no cinema, mas hoje revendo o filme me emocionei de forma diferente. Desta vez, não me ative ao aspecto político, ou às tristezas da guerra, ou à capacidade humana em praticar maldades e sim à força que rege uma amizade. Me ative ao quão profundo podem ser os sentimentos entre as pessoas. E que, mesmo cometendo erros, por fraqueza, falha, lapso, ciúme, inveja, culpa, enfim, todos os sentimentos dos quais a humanidade é imbuída, a amizade sincera supera todos eles. Hoje fui capaz de chorar porque percebi que bonito é assumir nossos erros, pedir desculpas por eles, redimir-se e engrandecer-se com as humildes atitudes de arrependimento. A força de uma amizade é protagonista do sentimento maior e mais bonito de que o ser humano é capaz de praticar: o amor. A frase mais contundente dita no filme: "Existe uma maneira de voltar a ser bom". Acho que desta vez compreendi o filme...  (Ada, 26/7/2015)



Sugestão de leitura:

Vida de pipa: http://coisasdeada.blogspot.com.br/2009/03/vida-de-pipa.html

Árvore de pipas: http://coisasdeada.blogspot.com.br/2013/01/arvore-de-pipas.html