“Se deixou levar por sua convicção de que os seres humanos não nascem para sempre no dia em que as mães os dão à luz, e sim que a vida os obriga outra vez e muitas vezes a se parirem a si mesmos.” (Gabriel García Márquez, em "O amor nos tempos do cólera")

27/03/2008

Lua alaranjada


A razão da cor alaranjada da lua deve-se à camada espessa da atmosfera da terra. Ao dispersar a luz, as de cores amarela, laranja e vermelha atravessam mais facilmente essa camada. Vemos então apenas essas cores. Isto ocorre igualmente quando há muita poeira ou poluição na atmosfera. 

Fui buscar essa explicação, porque achei romântico no filme Duas vidas (com Bruce Willis), quando o personagem se questiona, quando era ainda criança e depois, quando adulto, não saber responder o porque que a lua fica alaranjada às vezes... 

Como também não sabia e fiquei morrendo de curiosidade, descobri que a resposta é dada no fim do filme, mas muito sutilmente, o que estimula nosso romantismo. Afinal uma lua alaranjada é motivo dos poetas e sonhadores escreverem seus devaneios e seus suspiros. 

Fiquei indagando de como posso eu também não saber responder a isso e a tantas coisas que vivemos e não sabemos explicar. E a explicação nem é tão romântica assim, afinal a poluição tem responsabilidade nesse fenômeno. 

E me diga, essa lua lindamente alaranjada, por causa da poluição, não se torna poesia?(Ada, 27/3/2008)

Nenhum comentário: