“Se deixou levar por sua convicção de que os seres humanos não nascem para sempre no dia em que as mães os dão à luz, e sim que a vida os obriga outra vez e muitas vezes a se parirem a si mesmos.” (Gabriel García Márquez, em "O amor nos tempos do cólera")

03/07/2009

Lua, nua e linda


Não! Não é queijo suiço! Mas nem precisaria tomar uma garrafa de vinho para imaginar-me viajando em volta desta paisagem, fantástica, instigante, misteriosa, a Lua... Essa é a última foto dela, tirada dia 23 de junho passado (2009), pela sonda Reconnaissance Orbiter, numa região no pólo sul lunar chamada de Mar de Nuvens. As primeiras imagens foram tiradas no limite da Lua que é dividido entre a luz e a escuridão. A região possui uma superfície íngreme e inóspita. 



Os objetivos principais desta visita da sonda lunar são ajudar a encontrar locais de aterrissagem seguros para os astronautas - que devem ser enviados à Lua até 2020 - e planejar como construir uma base no satélite. Bom, em 2020 pretendo estar com 66 anos e poder ter saúde para tomar um vinho, neste dia, e ver os astronautas pousarem flutuantes e mais emocionados que eu. Pretendo estar sonhando com a Lua nesse dia, como hoje, já que um dos meus pés sempre dão um pulo até lá! 



Mas usando a razão, fico pensando: vão construir uma base na Lua? Os americanos, em breve, poderão jogar bombas, direto de sua base, na Terra toda!? (Ada 3/7/2009)

3 comentários:

Elenara Stein Leitão disse...

Eu também adoro sonhar com a lua. Queria ser astronauta quando pequena, acho que embalada pelas imagens que via na TV de homens descendo por lá, e a gente torcendo para ver selenitas nos esperando de bandeirinhas...

E vamos ser utopicos e imaginar que em 2020 na era pós Obama, os EUA sejam aquele sonhado pelos Trekies de New Generation, um pais de paz e humanidade...pelo menos hoje, que é sábado e o dia está bonito, dá para sonhar um pouco...nem que sejam sonhos lunáticos, não é mesmo ?
Bjos

Eliana Ada Gasparini disse...

Sim Elenara... vamos sonhar. Sonhos são de graça!

Eliana Ada Gasparini disse...

Lê... Hoje ainda é sábado!