“Se deixou levar por sua convicção de que os seres humanos não nascem para sempre no dia em que as mães os dão à luz, e sim que a vida os obriga outra vez e muitas vezes a se parirem a si mesmos.” (Gabriel García Márquez, em "O amor nos tempos do cólera")

04/10/2009

Dia do animal, é o bicho!


Aos doze dias de idade, o filhote do raro leão branco africano é alimentado por uma mamadeira no jardim zoológico de Belgrado, na Sérvia.
Esta é a imagem que escolhi para comemorar este dia: um animal humano protegendo outro, tão frágil e indefeso que por nossa culpa choramos a sua extinção...
De acordo com a velha lista do Ibama, lançada no dia 22 de maio de 2003,(gente, cadê a nova?) existem cerca de 400 espécies em vias de extinguir-se, e 8 já extintas.

Um comentário:

Elenara Stein Leitão disse...

Que fofo !!!! Dizer o que da predicação humana ? Hoje prefiro lembrar de quantos ajudam a preservar e a cuidar desses bichinhos...
Bjos