“Se deixou levar por sua convicção de que os seres humanos não nascem para sempre no dia em que as mães os dão à luz, e sim que a vida os obriga outra vez e muitas vezes a se parirem a si mesmos.” (Gabriel García Márquez, em "O amor nos tempos do cólera")

05/07/2013

A solidão é fera

O caminho tornou-se mais longo.
Os passos mais lentos.
Não há muito para alcançar,
esse lugar que nunca foi pensado,
agora parece estranho,
inatingível.
Falta pouco para chegar alí
em lugar algum
a não ser dentro de mim.

(Ada, 5/7/2013)



Solidão
(Alceu Valença)

A solidão é fera, a solidão devora.
É amiga das horas prima irmã do tempo,
E faz nossos relógios caminharem lentos,
Causando um descompasso no meu coração.

A solidão dos astros;
A solidão da lua;
A solidão da noite;
A solidão da rua.

Nenhum comentário: