“Se deixou levar por sua convicção de que os seres humanos não nascem para sempre no dia em que as mães os dão à luz, e sim que a vida os obriga outra vez e muitas vezes a se parirem a si mesmos.” (Gabriel García Márquez, em "O amor nos tempos do cólera")

19/03/2014

Sonata para um homem bom

Em “Das leben der anderen”,  ou “A vida dos outros” – Alemanha, Oscar 2006 de melhor filme estrangeiro - conheci uma frase que Lênin proferiu quando ouvia “Appassionata” de Bethoven, que  “se continuasse a ouvir Bethoven, não levaria à frente a revolução”.

A arte é tranformadora...

Então, para esse filme, Gabriel Yared compôs a “sonata para um homem bom”, inspirada em Bethoven. Ela foi capaz de derramar uma lágrima. No oficial da Stasi e em mim. Bonita que só!

Die Sonate vom Guten Menschen

Die Sonate vom Guten Menschen by Gabriel Yared on Grooveshark

Nenhum comentário: