“Se deixou levar por sua convicção de que os seres humanos não nascem para sempre no dia em que as mães os dão à luz, e sim que a vida os obriga outra vez e muitas vezes a se parirem a si mesmos.” (Gabriel García Márquez, em "O amor nos tempos do cólera")

03/05/2017

Belchior, importante é o bem que se faz!

Entre tantas lindas homenagens e depoimentos prestados a Belchior neste dia de sua morte (30 de abril de 2017), há aquelas que maldizem e buscam os defeitos e erros cometidos por ele. Li artigos aterradores, mas ninguém melhor que Belchior para saber que o mundo humano é assim mesmo, cruel sempre, na vida e na morte. E diante da frase "errar é humano" eu registro a você, Belchior, que o importante é o bem que se faz. Obrigada por tanta poesia linda e significativa! Fica bem! 

Nenhum comentário: