“Se deixou levar por sua convicção de que os seres humanos não nascem para sempre no dia em que as mães os dão à luz, e sim que a vida os obriga outra vez e muitas vezes a se parirem a si mesmos.” (Gabriel García Márquez, em "O amor nos tempos do cólera")

17/08/2009

Um "meme": soprar a flor de soprar



(Foto de Ada, nos jardins da Secretaria de Agricultura - Zona Sul de Sampa)
"Meme é tudo o que se aprende por cópia a partir de uma outra pessoa. Desde coisas simples, como comer usando talheres, até ações mais complexas.Resumindo ao máximo, alguém faz, você vê, gosta e copia. Outras pessoas vão ver você fazendo, também gostarão e copiarão. Desta maneira, a evolução de um meme é quase sempre viral e exponencial. Memes são replicadores de comportamentos."
No que diz respeito à sua funcionalidade, o meme é considerado uma unidade de evolução cultural que pode de alguma forma autopropagar-se. Os memes podem ser idéias ou partes de idéias, línguas, sons, desenhos, capacidades, valores estéticos e morais, ou qualquer outra coisa que possa ser aprendida facilmente e transmitida enquanto unidade autônoma.

Quando usado num contexto coloquial e não especializado, o termo meme pode significar apenas a transmissão de informação de uma mente para outra. Este uso aproxima o termo da analogia da "linguagem como vírus".

Falando em meme, hoje não resisti em falar de um telúrico e que parece existir no mundo todo: a flor-de-soprar. Em ingles, chama-se "Dandelion", em portugues, "Dente-de-leão" ou "Taraxaco". No folclore de Portugal: "Teu-pai-é-careca?" (uma brincadeira de criança), ou também "Amor-de-homem" (nossa, porque será, né?), "Amargosa", "Alface-de-cão" ou "Salada-de-toupeira". No nordeste (é bem perfil deste povo alegre e otimista) é conhecida por "Esperança" abre as janelas e deixa a "esperança" entrar na tua casa trazida pelo vento da tarde. Hoje, no meu passeio matinal com Caillou, fotografei esta, que depois soprei (impossível não soprar, ou não pensar em soprar) fazendo um pedido: sopra sim, sopra não, sopra sim, sopra não. Caillou adorou a brincadeira e até ele quis copiar e acabou comendo uma! Putz!



6 comentários:

Elenara Stein Leitão disse...

Eu adorava soprar isso daí quando era pequena,mas não sabia que o nome era Meme.Quando li achei que fosse omini blog do yahoo (rsss...era tecnológica).

Hoje tudo o que eu queria era voltar a ser criança...

Beijos

Elenara

Maria Elenice disse...

Eu também não sabia do nome Meme. Quando li, lembrei do CD do Lulu Santos, Meme e eu. Será que tem alguma coisa a ver? Me parece que no CD o nome era de um produtor musical do Lulu. Adorei a foto e, lógico, me fez voltar "alguns aninhos atrás". Aliás, quem é o galã canino que esta em 1ºplano.

Beijos

Elenice

Ada disse...

Meme é tudo o que se aprende por cópia a partir de uma outra pessoa. Desde coisas simples, como comer usando talheres, até ações mais complexas.Resumindo ao máximo, alguém faz, você vê, gosta e copia. Outras pessoas vão ver você fazendo, também gostarão e copiarão. Desta maneira, a evolução de um meme é quase sempre viral e exponencial. Memes são replicadores de comportamentos.

No que diz respeito à sua funcionalidade, o meme é considerado uma unidade de evolução cultural que pode de alguma forma autopropagar-se. Os memes podem ser idéias ou partes de idéias, línguas, sons, desenhos, capacidades, valores estéticos e morais, ou qualquer outra coisa que possa ser aprendida facilmente e transmitida enquanto unidade autônoma.

Quando usado num contexto coloquial e não especializado, o termo meme pode significar apenas a transmissão de informação de uma mente para outra. Este uso aproxima o termo da analogia da "linguagem como vírus". Entendeu?

Elenara Stein Leitão disse...

Guria, não sabia...fiquei pesquisando na internet e no google sobre meme, achei muito interessante. E por outra me chamou a atenção o quanto estou lendo e fixando as manchetes e os titulos. Já tinha me chamado a atenção o quanto esse monte de informções tem mexido comigo e os meus neurônios. Tenho uma completa avidão pro novidades e nem sempre consigo focar em um texto. E nessa do Meme me senti como o gato da propaganda do Whiskas.Me fixei na palavra e foto,e fui....
Obrigada pelo parendizado.
Bjos

Elenara

Yumi disse...

^^


Aqui em Recife, dente-de-leão é outra florzinha... Mas ela tbm voa ao sabor da mínima presença de vento... xD


x]]~~

Ada disse...

Elenara, é bem legal mesmo a gente descobrir coisas que para nós até pareciam bobagens, ou que passam ao largo de nosso dia-a-dia... de repente vemos que toda a humanidade sente, percebe (em graus diferentes e em fases diferentes) e até teoriza sobre os mesmos fatos. Então é aí que nossa consciência dá um passo acima.Também adoro descobrir coisas assim! Beijos mil!!
Ada