“Se deixou levar por sua convicção de que os seres humanos não nascem para sempre no dia em que as mães os dão à luz, e sim que a vida os obriga outra vez e muitas vezes a se parirem a si mesmos.” (Gabriel García Márquez, em "O amor nos tempos do cólera")

21/05/2011

Feliz Aniversário queridas Flores de Maio!



Como todo ano, aqui estão felizes as minhas flores de maio. A mais velha, xodó, imponente em suas trinta-e-trá-lá-lá floradas cor-de-rosas, atingiu 2 metros de diãmetro!
Veja mais sobre elas em 2009





4 comentários:

Anônimo disse...

Eu amo flor de maio.Elas estão sempre ligdas ao mês em q nasci. Sempre tenho alguns vasos em casa, porém ainda não tive a felicidade de vê-las tão lindas qto as suas. Qual o segredo?? Conta vá!!!

Ada disse...

O segredo? Não é segredo! Primeiro, passo-a para um vaso um maior, sempre que percebo que ela está muito confinada e suas flores amiudadas, terra infértil, cansada... Coloque-a com a touceira de raizes toda para não machucá-la, complete com terra da boa; segundo, adubo-a como faço com todas as plantas. Uma vez por mes, no inverno menos, rego-a com a solução de tempo verde. ouro verde ou similar. Terceiro, falo com ela. Falo e observo-a com carinho. E deixo-a quietinha no seu canto.

Claudio disse...

Pela internet, olho gordo seca planta? Espero que não, pois morri de inveja de sua "árvore" de maio. Já tentei cuidar de algumas, mas todas definharam. Meu consolo é minha orquídea, que neste mês vai para sua terceira florada anual, que deve durar até novembro ou dezembro. Depois dos selos e da gastronomia, plantas são minha mais nova mania. :-) Abs

Ada disse...

Sabia que faltava planta na sua lista de curtir a vida... em breve, animais? Olha só, eu vou te levar uma mudinha já plantadinha... tenho algumas já "pegas". Você vai me prometer: que não coloca muita água; que a deixa ao ar livre com muita luz; talvez grude-a num tronco de árvore do seu quintal (te ensino como);coloque vitamina de vez em quando; passe-a (ano que vem) para um vaso maior e namore-a todos os dias. Quer?